miť, 18 oct

Congresos

Congreso Santos 2012

No Bhagavad-Gita, Krishna consola Arjuna, que reconhece nas fileiras do ex√©rcito inimigo, instantes antes da batalha, pessoas √†s quais estava ligado por la√ßos de afeto. Diz Krishna ao guerreiro hesitante: ‚ÄúEsses corpos perec√≠veis s√£o animados por uma alma eterna indestrut√≠vel. Aquele que cr√™ possa ela ser morta ou matar engana-se. Aquele que penetrou o segredo de meu nascimento e de minha obra divina n√£o mais retorna a um novo nascimento; ao deixar seu corpo, retorna a mim. Tive muitos nascimentos, assim como tu tamb√©m, Arjuna; eu os recordo a todos, por√©m tu os ignoras‚ÄĚ.

¬†No F√©don, de Plat√£o, o personagem S√≥crates enuncia a seguinte senten√ßa: ‚Äú√Č opini√£o bastante antiga, que as almas ao deixarem este mundo v√£o para o Hades e que de l√° voltam a este mundo e retornam √† vida, ap√≥s terem passado pela morte. Se assim √© e se os homens, ap√≥s a morte, voltam √† vida, segue-se necessariamente que as almas v√£o para o Hades durante este intervalo, pois n√£o voltariam ao mundo se n√£o mais existissem; e isto ser√° uma prova suficiente se enxergarmos claramente que os vivos n√£o nascem sen√£o dos mortos‚ÄĚ.

 E, finalmente, no Evangelho de João, encontramos a seguinte passagem entre o mestre de Nazaré e Nicodemos, doutor da lei:

‚ÄúHavia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, senador dos judeus, que veio √† noite at√© Jesus e lhe disse:-Mestre, sabemos que vieste por parte de Deus para instruir-nos como um doutor; pois ningu√©m poder√° realizar os milagres que realizas se Deus n√£o estiver consigo. Jesus respondeu-lhe:-Em verdade te digo: Ningu√©m pode alcan√ßar o reino de Deus se n√£o nascer de novo‚ÄĚ.

Estes três textos da Antiguidade, de diferentes latitudes geográficas e culturais, nos revelam o quanto a doutrina das vidas sucessivas estava disseminada.

No per√≠odo moderno, in√ļmeras personalidades, de v√°rias √°reas do saber e da cultura, tamb√©m defenderam a tese dos renascimentos da alma no mundo terrestre, entre elas, destacamos Victor Hugo, o eminente escritor franc√™s, que viveu √† √©poca do surgimento do espiritismo, em meados do s√©culo XIX.

Dizia Victor Hugo: ‚ÄúV√≥s n√£o credes nas personalidades que se movem (isto √©, nas reencarna√ß√Ķes) sob o pretexto de que n√£o vos lembrais de nada de vossas exist√™ncias anteriores. Por√©m, como as recorda√ß√Ķes dos s√©culos dissipados permaneceriam impressas em v√≥s, quando mal vos recordais das mil e uma cenas de vossa vida presente? Desde 1802, houve em mim dez Victor Hugo! Credes, pois, que me recordo de todas as suas a√ß√Ķes e de todos os seus pensamentos?‚ÄĚ.

Por√©m, no mundo contempor√Ęneo, n√£o valem mais os chamados ‚Äúargumentos de autoridade‚ÄĚ. Vivemos uma √©poca em que se exige n√£o apenas a fundamenta√ß√£o racional de uma tese, mas a sua fundamenta√ß√£o emp√≠rica inequ√≠voca. Atendendo ao esp√≠rito de nosso tempo, surgiram os pesquisadores da ‚ÄúHip√≥tese‚ÄĚ da reencarna√ß√£o, os quais t√™m se dedicado a estudar os impressionantes casos de ‚ÄúMem√≥ria extracerebral‚ÄĚ, nos quais adultos e, principalmente, crian√ßas, afirmam terem recorda√ß√Ķes, frequentemente com riqueza de detalhes, de pretensas vidas anteriores.

O tema central do XXI Congresso Esp√≠rita Pan-Americano √© justamente: ‚ÄúPerspectivas contempor√Ęneas da teoria esp√≠rita da reencarna√ß√£o‚ÄĚ. Neste CD-Rom, que cont√©m os Anais do XXI Congresso, a Comiss√£o Organizadora coloca √† disposi√ß√£o dos congressistas, pesquisadores do tema e do p√ļblico em geral, os trabalhos apresentados nas Mesas Redondas e no Forum de Temas Livres deste importante evento esp√≠rita internacional, realizado na cidade de Santos (S√£o Paulo ‚Äď Brasil), no per√≠odo de 05 a 09 de setembro de 2012, nas depend√™ncias da Universidade Santa Cec√≠lia.

Nele os interessados poder√£o usufruir de uma variada gama de an√°lises a respeito do tema da reencarna√ß√£o. Abordagens e enfoques variados, de car√°ter cient√≠fico, filos√≥fico, moral, religioso, √©tico, sociol√≥gico, etc, fazem deste CD-Rom, um rico arsenal de conhecimentos e reflex√Ķes sobre t√£o fascinante tema.

Acreditamos que um congresso esp√≠rita deve colocar em evid√™ncia o pensamento esp√≠rita para a sociedade, tratando de temas doutrin√°rios e de assuntos da atualidade. √Č tamb√©m um espa√ßo privilegiado para que se d√™ continuidade ao processo de atualiza√ß√£o do espiritismo, necessidade j√° expressa no pensamento din√Ęmico e progressivo de Kardec e nas delibera√ß√Ķes do XVIII Congresso da CEPA (Porto Alegre, 2000). Assim sendo, o XXI Congresso Esp√≠rita Pan-americano, que teve a Teoria Esp√≠rita da Reencarna√ß√£o como tema central, trouxe ao debate, por iniciativa dos pr√≥prios pesquisadores que se inscreveram no Forum de Temas Livres, outros tantos temas de interesse para cultura esp√≠rita.

A leitura atenta dos trabalhos permitir√° constatar que o XXI Congresso se constitui num espa√ßo de reflex√£o, releitura e de formula√ß√£o de novas proposi√ß√Ķes, empreendidas por pensadores esp√≠ritas que lan√ßam id√©ias para o futuro, fomentando a necess√°ria evolu√ß√£o do pensamento esp√≠rita, em particular aquelas que trazem objetivas contribui√ß√Ķes para a melhoria da sociedade a partir dos valores √©ticos depreendidos da filosofia esp√≠rita.

A leitura atenta dos trabalhos permitir√° constatar que o XXI Congresso se constitui num espa√ßo de reflex√£o, releitura e de formula√ß√£o de novas proposi√ß√Ķes, empreendidas por pensadores esp√≠ritas que lan√ßam id√©ias para o futuro, fomentando a necess√°ria evolu√ß√£o do pensamento esp√≠rita, em particular aquelas que trazem objetivas contribui√ß√Ķes para a melhoria da sociedade a partir dos valores √©ticos depreendidos da filosofia esp√≠rita.

Esperamos que o XXI Congresso entre para a história do espiritismo pelo seu caráter progressista e pela efetiva contribuição ao fomento de novas idéias e ao grau de influência que estas possam ter sobre os indivíduos e a sociedade; que signifique um marco no processo de consolidação do pensamento espírita kardecista, laico, humanista e livre-pensador expresso pela CEPA.

Cabe ressaltar, por fim, que as id√©ias, teses, opini√Ķes e coment√°rios contidos nos textos aqui publicados refletem as concep√ß√Ķes de seus respectivos autores e n√£o representam necessariamente o pensamento da CEPA e dos organizadores.

Desejamos ao amigo congressista, bons estudos.

 

Santos, 05 de setembro de 2012

 

Ricardo de Morais Nunes

Coordenador da Comiss√£o de Estudos e Tem√°rio

 

Ademar Arthur Chioro dos Reis

Presidente da Comiss√£o Organizadora

XXI Congresso Espírita Pan-Americano.